Portugal do Passado

Plus a photo tour, this time an Old Portugal: Penela founded even before the nation, its first charter was granted by D. Afonso Henriques in July of 1137, making it one of the oldest municipalities in Portugal. The charter was partly granted because of Penela's huge strategic importance during the Reconquest. The Castle of Penela stands high up on a cliff, and only Montemor-o-Velho has a larger and stronger fort, of those that remain of the Mondego defence line. Seized once again by the Moors after 1137, it was retaken for good in 1148. However, it was D. Sancho I who brought new life to the historic castle in 1187, ordering it to be repopulated. The keep was built on the orders of D. Dinis, after further repair work.

Plus une visite en photos, cette fois un vieux Portugal. Venez visiter le Penela centre du pays, une ville qui se confond avec les origines du Portugal. La tradition populaire dit que le nom de la population se produirait du fait de l'Alfonso Henriques (premier roi du Portugal), 1137, en étant entré dans la population au moyen d'un arrangement, pour avoir le cri perçant : « Courage ! Déjà nous sommes avec "le pied dans lui"» (Coragem! Já estamos com o pé nela! en portugais). Cependant, les filólogos affirment que le nom devra être seulement un diminutif un de « penha ».

Además de un recorrido fotográfico de la época visitando orígenes antiguos de Portugal: Penela. Según la tradición popular, el nombre de la población prodría provenir de un hecho del infante Afonso Henriques, queal haber entrado en la población por medio de un ardiz, dijo: «Coragem! Já estamos com o pé nela!». Entre tanto, los filólogos afirmam que el nombre deberá ser apenas un diminutivo de «penha».

Più un tour fotografico, questa volta in visita le antichità delle origini del Portogallo. Fu nel 1137 che il primo re del Portogallo, D. Afonso Henriques conquistò questa città di Penela nel centro il paese.

Há subtilezas frívolas por meio das quais, algumas vezes, os homens procuram alcançar reputação e dinheiro. Aliás o poder Económico e o capitalismo especulativo pode determinar e condicionar as vivências dum país ou a fortaleza ou a queda duma moeda, mas apesar disso ser tema actual não me irei debruçar sobre isso, mas o poema central abordará de novo. Realmente é um tema em que há tantos intervenientes que a minha opinião é demasiado muda para poder ser ouvida ou viabilidade de ser entendida, porém aqueles que pensam que Portugal tem de estar a um nível da Dinamarca (supostamente o país mais feliz), têm uma solução simples a fazer: basta  um político português governá-la e a Dinamarca ficará ao nível de Portugal, simples não é?!
Mas deixemos esses devaneios para outra altura, hoje o meu propósito é de proporcionar aos visitantes deste singelo blog, mais um passeio fotográfico por este país, que por acaso ou por força da História é um dos países mais antigos do mundo como Estado Nação, com língua própria, povo, território, sendo também o país que tem as fronteiras mais antigas e definidas há mais tempo. O meu safari fotográfico de hoje é como uma viagem aos nossos antepassados. Para compreendermos quem somos, os nossos êxitos ou os nossos fracassos devemos regressar a momentos anteriores, pois aí estão as verdadeiras raízes e o espírito Luso. É por isso que é bom olhar de vez em quando para trás, mas não devemos lá ficar prisioneiros. Tudo o que em nós há de original conservar-se-á tanto melhor e será tanto mais apreciado, quanto mais formos capazes de não perder de vista os nossos antepassados. 
Vamos então viajar até ao cento do País a um dos munícípios mais antigos cujo nome tem a sua justificação duma forma mais popular referindo queo primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, para incentivar as suas tropas na conquista disse: "Coragem estamos quase com o Pé nela" ( e daí se lhe atribuir o nome de Penela). Mas, o nome Penela guarda raízes célticas, e os filólogos atribuem o nome à derivação do diminutivo de Penha (Penedo), provavelmente o que existe dentro do castelo . São vários os vestígios de ocupação romana e pré-romana existentes no concelho. Penela desempenhou um importante papel durante a Idade Média, em que foi palco de guerra e contribuiu para a reconquista. O Castelo de Penela começou a ser construído no século XI. Está situado no alto de uma colina, na freguesia de São Miguel, no terreiro no qual se encontra a Igreja de São Miguel. Existem sepulturas antropomórficas da Baixa Idade Média cavadas no arenito existente entre a Igreja e o castelo

Comecemos então o passeio e venham daí comigo fazer um turismo do Portugal Antigo:

O dia estava cinzento


mas a primavera teimava em marcar presença nos campos

Vista do castelo 


Torre do Castelo

Penela

A vila vista do castelo
A vila

O castelo visto da vila

O Meu Castelo

Hoje construrei um castelo
onde vão morar os meus sonhos!
Simplesmente granítico
em alicerces de sentimentos nobres
para suportar a dureza das desilusões
Cobrirei-o com estrelas
para iluminarem os meu desejos.


Hoje construirei um castelo
bem assente no chão
de fazer inveja
a todos os castelos no ar
vazios de alma
e cheios de gente


Hoje construo um castelo
de arquitectura tão arrojada onde:
a ousadia quis governar
os mais tenebrosos quiseram destruir
os ambiciosos possuir.
Mas, lá apenas
 será
o Amor
o Verdadeiro
Rei!


Hoje construi um castelo
uma simples fortaleza,
nunca será palácio!
Está livre de luxos,
de bens preciosos,
dos senhores do dinheiro,
dos mestres da espada
porque esses
querem o poder
para aniquilar
o seu
Verdadeiro
Rei!
o Amor



Agora já tenho um castelo:
bem térreo e acessivel,
todas as portas estão abertas
que entre
quem quiser
abraçar
o seu
Verdadeiro
Rei!
o Amor

António Veiga in Poemas Completos



A porta de entrada


O penedo (A penha)

Interior castelo



As ameias

O pelouro

A igreja dento do Castelo


Outra vista da igreja
Céu escuro se abate sobre a igreja

A cidade vista do castelo

A porta do castelo


Penela

As ruas da vila

outra perspectiva


Tema rural

Durante a tarde o céu limpou, apareceu a lua nno seu esplendor
Mas a noite trouxe de novo as nuvens, insinuando o regresso a casa, a vantagem de viver num pequeno país, tudo fica tão perto, mas por vezes longe do conhecimento.
Por hoje o passeio terminou, voltarei a novo passeio onde a razão e o coração me levar ou simplesmente onde a objectiva fixar o olhar.

Ormai la corsa era finita, spero vi sia piaciuto, tornare di nuovo dove la ragione e il cuore mi portano

By now the ride was over, I hope you enjoyed, i come back with a new photo ride: where reason and the heart take me, or where the lens simply fix their gaze.

A présent, le voyage était terminé, j'espère que vous avez apprécié: Je reviendrai de nouveau où la raison et le cœur me conduit ou où la objectif de la caméra simplement fixe leur regard.

Terminado por ahora, espero que te haya gustado, voy a volver donde la razón y el corazón me lleve, o cuando el lente de la cámara, simplemente fije su mirada.

António Veiga


6 comentários:

ROSARINHA disse...

Um dia ainda conhecerei tão belas paisagens...Muito lindo, muito lindo!!!! O pôr-do-sol é,simplesmente, belo!!!
Lindo dia meu amigo! E grata por me proporcionar um começo de dia com belas imagens.
intemasvê!!

cathoune disse...

coucou - trop beau...
Moi- j'adore les châteaux... parce que je suis une princesse...
franchement, j'aurai bien habité un château... du temps jadis...
Sinon, comme toujours beaucoup de poésie... et de très belles photos bisous bisous
cathy

marcia disse...

Ah Portugal... Nostalgico e belo! Um dia construirei um castelo...
Lindo!
Sdds...
Marcia

Maria-Victoria MALELA disse...

it is truly beautiful, thanx so much for your support António, I cherish it ! so everytime I feel like travelling, your blog just feels like the perfect space, I especially like the pictures of the sky and the field full of flowers ! thank you !

Luís Veiga disse...

Esqueces-te sempre dos verdadeiros monumentos que ao a piada toda a estas fotos... As pessoas que os recorreram! Afinal estás a apresentar Portugal através dos nossos olhos, e todos cá em casa precisamos de ser um pouco artistas :P

Isabel disse...

wow, super reportage photo, très intéressant Antonio, merci!

Enviar um comentário

 
Home | Gallery | Tutorials | Freebies | About Us | Contact Us

Copyright © 2009 Devaneios de Vida |Designed by Templatemo |Converted to blogger by BloggerThemes.Net

Usage Rights

DesignBlog BloggerTheme comes under a Creative Commons License.This template is free of charge to create a personal blog.You can make changes to the templates to suit your needs.But You must keep the footer links Intact.