Sem Lágrimas

Hoje sem lágrimas chorei,
Esvaziando nas entranhas,
Mas pleno das vicissitudes”
Da incompreensão
Do abandono!....
Lavei a minha existência
Nas dores da vida….
Emergindo ao desespero.

Hoje sem lágrimas chorei
Por ter tanto a dizer
E nem uma palavra fluir.
Absorto em nadas
Esgueira-se o tempo
Que em cada segundo
Me desacredita!....

Hoje sem lágrimas chorei
Por não ter lágrimas
Para poder chorar!


António Veiga

3 comentários:

Siempre quise ser Al Capone disse...

Que interesante escrito

Existen ocasiones en que el dolor es tan grande que no se puede si quiera llorar porque es mucho más profundo que el mismo estallido de emociones.
Muchos saludos y un feliz año lleno metas y sueños que cumplir.

Ana Mestre disse...

Sorri...
Sorri sempre...
Mesmo que o teu sorriso seja triste
Porque mais triste
Que o teu sorriso triste
È a tristeza
De não saber sorrir...

Beijo
Ana Mestre

Ana Tereza Merger disse...

Oi Antônio,
Obrigada pela visita. O seu blog também é muito bonito e tem um conteudo muito interessante. Vou criar o seu link voltar sempre. Beijos e até breve.

Enviar um comentário

 
Home | Gallery | Tutorials | Freebies | About Us | Contact Us

Copyright © 2009 Devaneios de Vida |Designed by Templatemo |Converted to blogger by BloggerThemes.Net

Usage Rights

DesignBlog BloggerTheme comes under a Creative Commons License.This template is free of charge to create a personal blog.You can make changes to the templates to suit your needs.But You must keep the footer links Intact.