Arrufos políticos

O poder instituído democraticamente em Vizela nasceu entre arruadas, obras "à la minute" e promessas populistas mas todos parecem ter renunciado a um debate acerca do poder local. Virados sobre si mesmos no caso do poder ou opositores de todas as causas, o entendimento entre oposição e autarquia parece impossível pondo em causa a sobrevivência da coerência ideológica e política dos partidos que encabeçam e os propósitos a que se propopuseram. Vizela politicamente tem sido um caldeirão de rivalidades e ódios, cuja expressão pública tornam quase inocentes as discussões mundanas das mais aguerridas bancas na lota do peixe. Confunde-se liberdade de expressão com autênticos insultos, desprovidos de qualquer interesse para a comunidade que servem. Assiim o ano que começa augura pouco de novo, onde tudo ficará um pouco na mesma talvez seja este o ano em que há maior necessidade duma abertura e cooperação entre as diferentes forças polítícas que governam o concelho e se discuta aquilo que de facto o poder autárquico precisa, devendo toda a comunidade ser mais interveniente Os sucessos e os fracassos do passado são fontes importantes do saber, e não devem servir apenas para alimentar guerras pessoais ou partidárias.Há que parar com as contínuas experimentações. É tempo das concretizações e generalizações.

Atender e fomentar uma procura de serviços pelos munícipes,(Literacia, capacitação e acessibilidade são problemas a resolver urgentemente), devendo os munícipes, as empresas e outras organizações tornarem-se “clientes” exigentes do município e então talvez a sede de município abra as portas no novo edifício e se quebre a rotina dos adiamentos e equacionar se os serviços on-line que possam ser disponibilizados, tenham sempre uma perspectiva de “serviço” ao munícipe, com preocupações de garantir a acessibilidade e de evitar a exclusão. A Internet e todas as suas ferramentas (em particular as novas ferramentas) são uma oportunidade para renovar a forma como se participa na sociedade e na democracia, não sendo em exclusivo as únicas pois o verdadeiro lugar da democracia começa no povo e no local onde os seus eleitos se assembleiam e pelo qual deve haver o maior respeito, pois comadres zangadas não governam, antes desgovernam, desorientam-se, descredibilizam, por não passarem de arrufos políticos. 

Pensem nisso

2 comentários:

ROSARINHA disse...

Meu querido amigo!! Sim, claro, com certeza amarei me deleitar com as fotos daquela que é a terra de meus ascentrais... Quanto a escrevermos juntos, será (novamente)uma honra para mim... lindo dia! intemasvê!

Tranquility disse...

Wow, I was amazed with what beautiful pictures I've seen here. Thank you for writing to me about this blog, when I'll have the time, promise I'll check it all out.
Have a lovely week,
Alexandra

Enviar um comentário

 
Home | Gallery | Tutorials | Freebies | About Us | Contact Us

Copyright © 2009 Devaneios de Vida |Designed by Templatemo |Converted to blogger by BloggerThemes.Net

Usage Rights

DesignBlog BloggerTheme comes under a Creative Commons License.This template is free of charge to create a personal blog.You can make changes to the templates to suit your needs.But You must keep the footer links Intact.