Riscos de cor e tradição

This village I invite you to visit today is full of colourful houses and wild beaches is associated with famous ingredient of portuguese cuisine: codfish.
La cuisine portugaise est la morue alimentaires essentiels, et ce village est que, aujourd'hui, je vous invite à visiter qui a enraciné les traditions de leur pêche et la transformation de cette denrée alimentaire.
Es aquí, pueblo de pescadores, que el  bacalao, comida tan querida de los portugueses, tiene una larga tradición de la pesca y el procesamiento.
E 'qui che il villaggio di pescatori di merluzzo, il cibo così amato del portoghese, ha tradizioni di pesca e di trasformazione.
As características dum povo  tem, como principal  circunstância de ser inteiramente dominada por elementos afectivos e místicos. Não podendo nenhum argumento racional refrear nela as impulsões criadas por esses elementos, ela obedece-lhes imediatamentedaí resulta uma intensa necessidade de adorar alguma coisa: deus, costumes, epopeias ou doutrinas. Por vezes a identidade dum país ou dum povo assenta na sua gastronomia ou hábitos. Falar de Portugal é falar do mar, mas falar dos portugueses lembra sempre o bacalhau: Este peixe confunde-se com a nacionalidade por ter raízes populares e serem consequência da expansão marítima portuguesa. A pesca deste peixe levou a  longas travessias pelo Oceano Atlântico duravam mais de três meses e após diversas tentativas com os peixes da costa local os portugueses encontraram o bacalhau perto do Oceano Ártico. Iniciaram tempos depois sua pesca na costa do Canadá, descoberta em 1497. O bacalhau ganhou mais sentido por causa das tradições cristãs, os adeptos da religião deveriam manter um regime rigoroso, que excluía o consumo de carnes vermelhas (comidas quentes), devendo seguir uma dieta de comidas frias, como os peixes. O consumo de bacalhau era extremamente incentivado pelos comerciantes, como substituto dos alimentos proibidos. O bacalhau então passou a ter uma ligação estreita com a cultura do povo português. Durável e acessível a uma parte da população que raramente podia comprar peixe fresco, seu sabor era mais agradável do que o de outros pescados salgados. Imediatamente o bacalhau passou a fazer parte da cultura daquele povo, que rapidamente passou a ser o maior consumidor de bacalhau do mundo. Incorporado aos seus hábitos e sua culinária foi consagrado como "fiel amigo" dos portugueses, sendo hoje uma das suas principais tradições. O peixe é hoje em dia muito integrado na gastronomia portuguesa, fazendo dos portugueses os maiores consumidores de bacalhau do mundo. O bacalhau tornou-se (apesar da escassez provocada pelo excesso de consumo) um alimento universal e acessível a quase toda a população, embora com os preços actualmente praticados já não seja uma verdade, mas o hábito está culturalmente e etnograficamente enraizado no povo.

O que muitos estrangeiros ( e portugueses) desconhecem é que  associado à pesca do Bacalhau e à sua cura pela salga está o município de Ílhavo e a Ria de Aveiro indiscutivelmente associados, daí que o passeio fotográfico de hoje nos leve até a aldeia piscatória desse concelho: a Costa Nova do Prado, que outrora possuía um enorme prado, verdejante, daí o nome prado. com as suas casas com riscas coloridas derivadas das originais casas de madeira dos pescadores, ex-libris desta praia são os "palheiros" - casas pintadas com listas verticais e alguma s também horizontais, intercaladas com cores vivas e alegres. Estas casas de madeira são cada vez mais raras de se ver. São construções típicas desta região, hoje em dia, representam um verdadeiro postal ilustrado e colorido para quem quer conhecer, esta zona. São casas de madeira tradicional portuguesa, que começaram a surgir a partir de 1808, aquando da abertura da nova barra, eram construídas sobre estacas, que devido ao terreno arenoso e alagadiço não permitia que se construíssem casas assentes no solo. As construções possibilitavam a subida das águas da ria, inundando o terreno, sem que afectasse a habitação, permitindo também que a areia arrastada pelo vento, pudesse passar por baixo das casas. O aspecto garrido e policromo: é o verde, o azul, o amarelo e o vermelho, que transmitem sensações de alegria e jovialidade. No que respeita, ao interior do bairro, coexistem outros géneros arquitectónicos, mas respeitando um padrão comum, onde a madeira é um material de eleição. As praias são lindissimas, e merecem u passeio cuidado.  Venham pois daí comigo ver o que a lente da minha câmara, o meu engenho e arte conseguiu registar:
Riscos de côr e tradição impostos pelo tempo 
 Ria, quando o mar entra pela terra e traz alimento
 Paisagem de salinas
Sal essencial à cura do bacalhau 
 Terra e mar confundem-se
 Sempre no horizonte o amr convida para paragens longínquas
 Tantos riscos no mar e casas com riscos em terra
 Marginal da aldeia de Costa nova
 Arquitectura cromática
 A multiplidade das cores dá alegria à aldeia
As cores e os riscos 
 Uma aldeia entre o verde dos campos e o azul do mar e da ria
 Costa Nova  do Prado
 Uma aldeia de cores
 A ria acompanha e envolve a aldeia
 Uma aldeia de sabores da pesca e da doçaria
 Ruas da aldeia
 Passeio da marginal
 As redes da pesca
 A amarra para o mar e ria
As riscas entre a praia 
A praia entre as dunas 
 O passadiço da praia
 As dunas secundárias
 A religião, a fé virados para o mar
 As dunas primárias
A praia e o mar 
O repasto do festival do bacalhau com o mar e a praia no horizonte 


Olhando o mar 
A noite caí sobre a praia e a lua "ilumina-se" no horizonte

A todos os seguidores deste singelo blog são estas as coisas pequenas que ele vos pode dar, as coisas pequenas que este país tem mas que de serem tão simples acabam por ser genuínas, por isso fiquem com esta música e poema dos Madredeus:
To all followers of this blog are those simple little things that he can give you, the little things that this country has but they are so simple that turn out to be genuine, so stay with this poem and music of Madredeus:
Pour tous les adeptes de ce blog sont celles choses simples qu'il puisse vous donner, les petites choses que ce pays a, mais ils sont si simples qui se révèlent être de véritables, alors restez avec ce poème et la musique de Madredeus:
Para todos los seguidores de este blog son las cosas simples poco que puedo dar, las pequeñas cosas que este país tiene pero son tan simples que resultan ser auténticos, por lo que quedarse con este poema y la música de Madredeus:
Per tutti i seguaci di questo blog sono quelle piccole cose semplici che lui può dare, le piccole cose che il paese ha ma sono così semplici che si rivelano essere genuino, quindi rimanete con questa poesia e la musica dei Madredeus:
Coisas pequenas


Madredeus - Coisas Pequenas


Coisas pequenas são
coisas pequenas
são tudo o que eu te quero dar
e estas palavras são
coisas pequenas
que dizem que eu te quero amar.

Amar, amar, amar
só vale a pena
se tu quiseres confirmar
que um grande amor não é
coisa pequena
que nada é maior que amar.

E a hora
que te espreita
é só tua.

Decerto, nao será
só a que resta;
a hora
que esperei a vida toda,
é esta.

E a hora
que te espreita
é derradeira.

Decerto já bateu
à tua porta.
A hora
que esperaste a vida inteira,
é agora.

14 comentários:

Cá. disse...

Muito obrigada pelo comentário que me fez ao blog. Parabéns a si também, que mostra a maravilha que Portugal é através de fotografias. Cumprimentos.

Little Fashion disse...

thank you :) I heard about Portugal, my distant neighbor on the map of Europe.

cathoune disse...

comme elles sont jolies ces petites maisons rayées... J'adore et en plus, elles sont au bord de la mer, moi, j'en voudrais une rouge .... Trop trop beau... J'adore la mer, je ne m'en lasserai jamais...
et pour la morue, je savais, qu'elle est un plat typique chez vous, qu'elle se mange de 10 000 façons... et chez nous, on la trouve salée sur les marchés... mais elle est rare, on mange plutot du cabillaud (darnes) ou du saumon...
Les salins - nous - on en a pas loin de chez nous, au Grau du Roi ou à Aigues Mortes....
Je te fais de gros bisous salés... CATH

Milena Lato disse...

Congratulations for the different ways you have in cooking such a delicious fish!

Ana Isabel disse...

Portugal é rico em tradição oral e escrita.Deve ser preservada, incentivada e partilhada.
Obrigada por fazê-lo tão bem, através da imagem e da palavra.

Grata pela sua visita, um abraço

Ana Isabel

MonsterSternchen disse...

Hi, thank you for leaving a comment on my blog.
And specially thanks for your praise.
Like youre pictures, too!

Lovely geetings
Monster

Carolina de Castro disse...

Lindas suas fotos!!!!
=P

no mundo da lu(a) disse...

Você tem uma visão riquíssima da simplicidade...
Maravilhosamente poéticas as fotos.
É bom começar a semana com imagens assim, neste mundo tão errado e triste ainda existem pessoas que nos fazem bem...ainda existem humanos.
Tenha uma semana inspiradora.
Abraço,
lú.

Angurboda disse...

bellissimo il Portogallo!
e tu hai una bellissimo cuore!
Ciao!!! :)

Chrissa disse...

Thank you for the comment! Gorgeous pictures!

academico disse...

Muito bonito

ev disse...

Me gustó eres buen guía turístico me e ido a pasear contigo. Las casa son lindas, sería bonito verlas por dentro. La música y la letra me encantó, preciosa, las cosas pequeñas de tu país son grandes, cada vez que conozco más más me gusta tu país. Me hizo bien venir hoy a tu blog.
Abrazo.

Pd. Sabes que en la nueva herramienta de diseño avanzado del Blog puedes ampliar las columnas principal y lateral? lo digo porque te quedaría mejor para apreciar las fotos que ensanches la columna principal y reduzcas la lateral, solo como sugerencia.

Isabel disse...

c'est donc beau, ce petit village et ce bord de mer.... les photos sont super, les dunes.... fabuleuses....
merci Antonio ...!
Isabel

Maria-Victoria 'vICkA' MALELA disse...

beautiful houses, lovely vacation :)

Enviar um comentário

 
Home | Gallery | Tutorials | Freebies | About Us | Contact Us

Copyright © 2009 Devaneios de Vida |Designed by Templatemo |Converted to blogger by BloggerThemes.Net

Usage Rights

DesignBlog BloggerTheme comes under a Creative Commons License.This template is free of charge to create a personal blog.You can make changes to the templates to suit your needs.But You must keep the footer links Intact.