O Rio e a Cidade

Importa a Vizela crescer em torno do rio e das Termas, pois estes são os seus potenciais económicos naturais. Não é emparedando o rio e trazendo zonas habitacionais para as suas margens que se consegue um melhor desenvolvimento, que deve ser sustentado e harmonioso na paisagem. No programa da CDU defendia a criação de uma zona verde e de lazer em todo a extensão das margens do rio, o que permitiria uma requalificação de todo o espaço ribeirinho. Complementarmente defendia-se um maior respeito pelas linhas de água. As linhas de água são sistemas de drenagem natural e elementos da paisagem, em que a presença permanente ou temporária de água leva a um desenvolvimento de sistemas bióticos de grande diversidade muito importantes. Elas têm servido de referência ao homem ao longo dos tempos, mas desde muito cedo que o ser humano tem vindo a intervir nas bacias hidrográficas, não tendo em conta os limites destas zonas.

Ninguém pode negar a função extremamente importante na paisagem dos nossos cursos de água, são eles que conduzem as águas das bacias hidrográficas, nomeadamente do rio Vizela, e têm diversas funções, hidráulica, biofísica, paisagística e económica que Vizela aproveitou para indústria e que agora está descurado. De facto, algumas das actividades industriais do passado, e mesmo no presente, afectaram ou afectam não só o rio Vizela mas também as linhas de água, às quais se associam: A contaminação atmosférica, deposição ácida, urbanização, alguma desflorestação ou remoção da vegetação, a contaminação orgânica e inorgânica. Entenda-se que o rio Vizela é uma fonte de riqueza que urge recuperar, pois dele se pode potenciar múltiplos recursos se conseguir uma adequada despoluição e uma paisagem das suas margens harmoniosa e ecologicamente equilibrada, desses recursos evidencia-se: água, energia, pesca, beleza paisagística pela vegetação aquática e das margens, flora e fauna silvestre associada à presença da linha de água, espaço de lazer, espaço de grande valor paisagista para a inserção de zonas e infra-estruturas desportivas.

Actualmente é preocupação, quer entre cientistas ou políticos, o enquadramento, a requalificação ecológica das zonas ribeirinhas, na conservação dos ecossistemas das margens, importante na regularização da humidade atmosférica e do ar devido à sua intensa evapo-transpiração, permitindo uma melhoria da qualidade de vida das populações. Efectivamente, a protecção das margens com vegetação ripícola é indispensável, o que se deve ao facto desta vegetação assegurar o equilíbrio dos diferentes ecossistemas. Para além desta função, o revestimento vegetal é um factor importante na defesa e conservação do solo, como consequência da protecção que a sua parte aérea exerce na acção directa da chuva e as suas raízes na formação de uma rede de retenção das partículas do solo. Quando se eliminam os elementos vegetais, o sistema entra em desequilíbrio ou em ruptura e a acção dos agentes erosivos agrava-se.

As estratégias de intervenção nas linhas de água devem ter em consideração a profundidade, largura, traçado, velocidade da corrente, declive longitudinal, caudal e dinâmica (erosão, transporte e sedimentação). Se não houver cuidado nas intervenções, o regime hidráulico do curso de água é perturbado e investimentos avultados são autênticos desastres. A requalificação da zona ribeirinha do Vizela deve assentar no princípio da utilização de material vivo, ou seja, a vegetação, que contribui para a protecção dos recursos naturais sem destruir a sua imagem associados a zonas desportivas e de lazer devidamente enquadras, a aproximação de zonas industriais ou urbanísticas independentemente da sua qualidade impedem uma conjugação ecológica e harmoniosa e esse é um erro que se teima em cometer.

Pensem nisso

António Veiga


4 comentários:

Rosalie Orens Viedma disse...

Tu blog me parece muy interesante, lo he agregado a mis enlaces favoritos.
Gracias por pasarte por mi blog y dejarme tus lindas palabras.
Un abrazo

cathoune disse...

Je viens te faire un petit coucou et de gros bisous... à bientôt cathy

ROSARINHA disse...

Olá amigo! Passando para me deleitar nessas lindas paisagens... Linda tarde!! intemasvê!

Isa de Jesus disse...

Obrigada Veiga!
Não vou ser mentirosa, o teu blogue eu não sigo, porque não aparece essa opção aqui, mas, de quando em vez, venho espreitar o que há de novo!

Um abraço,

Isa

Enviar um comentário

 
Home | Gallery | Tutorials | Freebies | About Us | Contact Us

Copyright © 2009 Devaneios de Vida |Designed by Templatemo |Converted to blogger by BloggerThemes.Net

Usage Rights

DesignBlog BloggerTheme comes under a Creative Commons License.This template is free of charge to create a personal blog.You can make changes to the templates to suit your needs.But You must keep the footer links Intact.