Fragilidades do tempo - Osteoporose

In osteoporosis prevention of falls is critical and  essential is the type of  food.
La osteoporosis se instala de forma insidiosa y progresa sin síntomas durante años.
Une femme sur trois et un homme sur huit de plus de 50 ans sont touchées par l'ostéoporose.
I primi sintomi di osteoporosi sono: dolore alla schiena, una perdita di altezza, spesso accompagnata da accovacciata in avanti
Hoje dia dos namorados ( mais um dia para o consumismo), vai haver em todos os bloggs das mais variadas dissertações sobre amor, namoro, paixão. Hoje, por pedido de alguns amigos e para uma pessoa que segue este blog è distância e pela qual tenho o maior dos carinhos, vou devanear sobre saúde e em particular uma doença que a afecta e a incapacita para alguns movimentos, fica a informação para todos os que lerem mas em especial para ela. Sem movimento diário e apropriado é impossível mantermo-nos saudáveis. Todos os processos vitais exigem, para serem executados convenientemente, movimento tanto das partes onde acontecem quanto do todo. O sedentarismo, tabagismo, alcoolismo e outros factores desencadeantes (havendo alguns autores que apontam o excesso de cafeína) estão na origem duma doença esquelética sistémica que se caracteriza pela diminuição da massa óssea e por uma alteração da qualidade microestrutural do osso, levando a uma diminuição da resistência óssea e ao consequente aumento do risco de fracturas

Ao olharmos para um osso, este aparece-nos como uma estrutura sólida e inerte. Engano! Na realidade o osso é um tecido vivo, extremamente dinâmico, que se encontra em constante renovação, e isto durante toda a vida. Estima-se, que de dez em dez anos temos um esqueleto novo. No processo de remodelação óssea existem duas fases: uma de reabsorção, seguida de uma outra de formação. Se a quantidade de osso reabsorvido não é inteiramente reposta, então os ossos tornam-se finos e frágeis. Os ossos ficam mais fracos à medida em que vão sendo absorvidos pelos osteoclastos, sem que a produção de osteóide pelos osteoblastos seja capaz de acompanhar a absorção. Interiormente o osso trabecular torna-se menos denso. Por fora o osso cortical perde espessura.

Concretamente os factores de risco podem ser: Não modificáveis (Sexo feminino - uma em cada três mulheres e um em cada oito homens com mais de 50 anos são afectados pela osteoporose; Idade superior a 65 anos; Raças branca ou amarela; História familiar.) e os potencialmente modificáveis (Menopausa precoce; Hipogonadismo; Períodos de amenorreia prolongada; Índice de massa corporal baixo; Imobilização prolongada; Existência de doenças que alterem o metabolismo ósseo, como endocrinopatias, doenças reumáticas crónicas, insuficiência renal ou anorexia nervosa; Utilização de fármacos que provocam diminuição da massa óssea, como corticosteróides, anticonvulsivantes e anticoagulantes, antidepressivos, ansiolíticos e/ou anti-hipertensores)
A osteoporose instala-se insidiosamente e progride sem sinais durante anos. Os primeiros sintomas a surgir são as dores lombares, uma perda de altura muitas vezes acompanhada de postura encurvada para a frente. E surge uma fractura após um traumatismo mínimo!
O diagnóstico precoce faz-se através de uma osteodensitometria de dupla energia radiológica, que permite identificar as categorias e avaliar o risco de fractura.

Existem essencialmente dois tipos de osteoporose o Tipo I - Osteoporose pós-menopáusica que como o nome indica surge habitualmente nas mulheres após a menopausa, e o Tipo II - Osteoporose relacionada com o envelhecimento, que afecta tanto os homens como as mulheres após os 70 anos.
1. A Osteoporose pós-menopáusica surge normalmente nas mulheres alguns anos após a menopausa. Nessa altura os ovários da mulher produzem menos estrogénios, uma hormona sexual feminina. Na ausência de estrogénios, a reabsorção óssea aumenta e perde-se massa óssea de forma generalizada.
2. A Osteoporose relacionada com o envelhecimento a idade avançada apresenta várias preocupações adicionais no que respeita à osteoporose. Os adultos com mais de 70 anos correm o risco adicional de redução da massa óssea pois o pico da densidade óssea dá-se aos 35 anos e vai diminuindo gradualmente. Além disso a capacidade de absorção do cálcio a partir do intestino diminui reduzido a quantidade de cálcio no corpo. Por outro lado a formação óssea é estimulada pelo exercício físico, consequentemente quanto menor for a actividade mais frágil o osso se tornará.

Há diferentes abordagens terapêuticas, consoante a história de fractura e fragilidade, mas normalmente implica tanto medicação como outro tipo de medidas. Os bifosfonatos também são úteis no tratamento da osteoporose. O alendronato reduz a velocidade de reabsorção óssea nas mulheres pós-menopáusicas, aumentando a massa óssea na coluna vertebral e nas ancas, e reduzindo a incidência de fracturas. Não obstante, para assegurar a correcta absorção do alendronato, este deve ser tomado imediatamente depois de despertar juntamente com um copo de água e não se deve ingerir comida ou bebida durante os 30 minutos seguintes. O alendronato e o residronato podem ser tomados uma vez por semana, o ibandronato uma vez por mês e o zoledronato uma vez por ano, este último por via intra-venosa.
Administram-se suplementos de vitamina D e cálcio aos homens que sofrem de osteoporose, especialmente quando os exames mostram que o seu organismo não absorve as quantidades de cálcio adequadas. Os estrogénios não são eficazes nos homens, mas a testosterona é-o, no caso de o valor desta se manter baixo.
As fracturas típicas da osteoporose localizam-se principalmente na coluna vertebral nas ancas e nos punhos, e podem conduzira incapacidades permanentes , perda de autonomia ou, até, serem causa de morte. Em geral, no caso das fracturas da anca, substitui-se toda a anca ou uma parte dela. Um pulso fracturado é engessado ou corrigido cirurgicamente. Quando as vértebras se partem e causam uma dor de costas intensa, usam-se coletes ortopédicos, analgésicos e fisioterapia; contudo, a dor persiste durante muito tempo.


A prevenção baseia-se numa alimentação cuidada e algum exercício físico. Os alimentos mais ricos em cálcio são os produtos lácteos, alguns legumes como as nabiças, couve, espinafres, grelos de couve e miolo de frutos secos como avelãs e amendoas Estima-se que para suprir as necessidades normais em cálcio é necessário ingerir cerca de 800 mg por dia, e cerca de 1200 a 1500 mg por dia para necessidades acrescidas (grávidas mães que amamentam, mulheres na menopausa e crianças em idade escolar. Os melhores tipos de exercícios para quem tem osteoporose são: exercícios com carga: marcha, dança e aeróbica de baixo impacto; exercícios com resistência: usando pesos livres, aparelhos ou fitas de borracha. Na impossibilidade um passeio a pé diário pode servir como um autêntico tónico para a prevenção da osteoporose, mesmo quandio a doença instalada o sedentarismo e a imobilidade são sempre prejudiciais

Na osteoporose a prevenção de quedas é fundamental: Evitar tapetes soltos ou passadeiras espalhadas pelo chão; prestar atenção aos pavimentos escorregadios., usar um calçado confortável, com uma boa base e com e com solas antiderrapantes; mandar instalar na casa de banho barras metálicas junto à banheira, para se poder agarrar; uma boa iluminação ambiente é fundamental, não se levantar durante a noite sem primeiro acender as luzes

Importa saber que existem alguns factores que podem influenciar directamente a absorção do cálcio:

1. Positivamente: A luz do dia, 15 minutos por dia ao ar livre são suficientes para cobrir as necessidades do organismo em vitamina D. Esta vitamina, indispensável para o transporte do cálcio no organismo, é sintetizada à superfície da pele, com a ajuda dos raios ultra violetas. É pois importante dar um pequeno passeio a pé todos os dias; o exercício físico ajuda o cálcio a fixar-se nos ossos reforçando-se assim a respectiva estrutura. Recomenda-se a marcha, o jogging, a ginástica e o ténis.; as hormonas, os estrogénios (hormonas femininas) e os androgénios (hormonas masculinas), estimulam a absorção do cálcio e limitam a respectiva eliminação. Como na menopausa o organismo feminino fabrica menos estrogénios pode ser necessária a prescrição por um médico, a titulo preventivo, de um tratamento hormonal de substituição; a vitamina C aumenta a absorção do cálcio. Convém portanto comer fruta fresca e consumir legumes crus, que têm outras vantagens para a súde e não exclusivamente para a osteoporose, devendo ser um hábito a incutir nas crianças, pois sendo a alimentação um hábito cultural, cedo deve ser iniciado em detrimento das habituais guloseimas.
2. Negativamente: O tabaco, diminui a absorção do cálcio; o alcool, ingestão regular de álcool diminui a absorção do cálcio pelo intestino e aumenta a respectiva eliminação pela urina, a cafeína favorece a eliminação do cálcio, o sal, oconsumo excessivo de sal aumenta a eliminação de cálcio pela urina.
O tempo tempera, mas também corrói, deixando tudo mais frágil e a melhor maneira de ganhar têmpera é começar a fazer uns passeios a pé, pois não só relaxa a mente como tonifica o físico.

Pensem nisso

António Veiga

5 comentários:

Siempre quise ser Al Capone disse...

HOLA, MUCHAS GRACIAS POR LAS FELICITACIONES.
SI EN REALIDAD EL TEMA DE LA SALUD, Y ES MUY IMPORTANTE SOBRE TODO AL PUNTO QUE TOCAS , QUE ES LA OSTEOPOROSIS.
FIJATE QUE YO HE ESTADO TOMANDO CALCIO Y UNAS PASTILLAS CONTIENEN GLUCOSAMINA , PUES HE ESTADO HACIENDO EJERCICIO, SE ME HAN DESGASTADO MIS LIGAMENTOS.
TAMBIÉN EXISTEN PRODUCTOS NATURALES QUE PROPORCIONAN CALCIO COMO UNA CUCHARADA DE AJONJOLÍ O DOS ALMENDRAS AL DÍA .
 MUCHOS SALUDOS.

marcia disse...

Maravilhoso texto! Informativo de grande valia, pelo menos pra mim! Não sou sedentária, mas sou fumante (ai que vergonha,rs) E as inlustrações, em particular, a praia... linda! Parabéns querido, como sempre, um Mestre.
PS: Cuidarei melhor da minha saúde!rs
Abraços

Sanguinea Fleumatica e Melancolica disse...

talvez um comentário impróprio ou meio deslocado...
nem sobre a fragilidade...nem a falta da saúde..
mas sobre o outro comentário "lá no meu cantinho" por onde vc me deu a honra da prensença...
vc me falou de convicções,que elas que deviam nos nortear e ser nosso "porto-seguro" e nosso rumo,eu bem que concordo...
mas aí eu lhe pergunto quem nunca fraquejou até nos mais fortes propósitos e convicções?
estou assim.
Aqui na minha terra,não é dia de são valentim... mas espero que tenha aproveitado bem o seu.
abraços!!!!

Isabel disse...

Holà Antonio! muy informativo, gracias!
si puedo añadir algo, lactancia materna previene también la osteoporosis ayudando al calcio a fijarse además gran cantidad en los huesos. El efecto es "dosis-depende" (dose-dépendant en français), por lo tanto más la madre amamanta mucho tiempo, más se protegerá más tarde envejeciendo. estudios científicos confirmaron esto. una buena noticia de más para las mujeres! Buen dià, Isabel

cathoune disse...

coucou l'ami portugais...
C'est pas très gai, tous ces reportages sur la santé... Bien que l'ostéoporose soit un sujet qui concerne pas mal de gens, mais il y a plus gai... Remarque, c'est parce que je ne comprends pas... Mais moi, je préfèrerai voir comment tu vis, où tu habites, des paysages, la mer, je sais pas ?? es tu toujours autant sérieux ??
tu ne parles jamais de ta vie privée, je sais bien qu'on est sur un blog, mais enfin, sans tout dévoiler, tu pourrais parler de toi ??
Tu as une amie, une compagne, des enfants ??
Ne va pas croire que je suis indiscrète, c'est juste que je comprends pas pourquoi tu mets toujours les mêmes articles de médecine...
Il y aurait d'autres choses jolies à développer.. à mon avis, tu es trop sérieux...
Il faut vivre et maintenant...
En attendant de tes nouvelles, je te fais de gros bisous à bientôt cathy

Enviar um comentário

 
Home | Gallery | Tutorials | Freebies | About Us | Contact Us

Copyright © 2009 Devaneios de Vida |Designed by Templatemo |Converted to blogger by BloggerThemes.Net

Usage Rights

DesignBlog BloggerTheme comes under a Creative Commons License.This template is free of charge to create a personal blog.You can make changes to the templates to suit your needs.But You must keep the footer links Intact.