Ano Novo esperança renovada

El año nuevo trae nuevas esperanzas.
La nouvelle année représente un nouveau départ de nos rêves.
The New Year continues to our dreams
Il Capodanno è la continuità dei nostri sogni.
 
Prestes a concluir-se mais um ano, com certeza este e o que se avizinha, não serão os de melhor memória para os portugueses que suportando o fardo da crise, mas como em todas as crises há sempre alguém a ganhar com ela daí a disparidade dos rendimentos em Portugal, que cada vez mais se acentuam. O cenário atual, em termos de distribuição de riqueza em Portugal, é muito preocupante, e no presente contexto de crise importa acautelar a situação daqueles que se encontram em situação de pobreza e exclusão social.
No combate à crise importa que as medidas que sejam implementadas tenham mais o sentido de reduzir o défice e aumentar as receitas do Estado e simultaneamente tenham em conta as franjas da população que se encontram já fragilizadas e com pouca ou nenhuma capacidade para enfrentar os sacrifícios que são pedidos, sem que ao mesmo tempo se sobrecarregue desenfreadamente a classe média com trabalho dependente. É preciso fazer muito mais pelos cidadãos que se encontram em situação de vulnerabilidade social e esta é cada vez mais transversal à classe média que conjuntamente com a baixa vivem situações dramáticas, as quais são agravadas pelo elevado índice de desemprego em todo o país. Muitas famílias estão em desespero dramático causado pela regra do três D’s: desemprego, doença e divórcio.

É comum dizer-se que o desemprego é um dos maiores flagelos das sociedades modernas. Este é um dos poucos pontos em que as ideologias concordam: a esquerda vê como a prova do falhanço do capitalismo; a direita exige autoridade e poder, alterações estruturais ao código de trabalho, prometendo emprego para todos em troca, o que acaba por ser a opção deste governo. Todos os cortes que estão a ser feitos na saúde vão dificultar ainda mais o acesso aos cuidados de saúde e consequentemente a mais doença e ao agravamento das condições de vida de milhares de portugueses. Por último a perda de direitos, a falta de apoio às famílias, as alterações dos apoios sociais e do código de trabalho torna as famílias muito mais frágeis acabando algumas por se desmembrar, muitas das vezes em situações muito precárias.

Este transformar-se-á num Ano novo sem grande esperança para um futuro imediato, porque tudo no horizonte acontece duma forma lúgubre, mas deve sempre haver esperança num recomeço, num reiniciar, talvez aconteça como na informática, que se corrigem alguns erros reiniciando o computador, por isso reiniciemos o novo ano, talvez alguns erros sejam corrigidos.

Pensem nisso
Bom Ano Novo a todos.

2 comentários:

dianne disse...

My best wishes for a Happy New Year in 2012 dear Veiga.
xoxoxo ♡

PortoCalem disse...

Bom ano pra ti e para toda a familia.

Nos tivemos uma entrada de ano um bocado complicada e por isso nao pude ligar. Mas vou tentar ligar estes dias ;)

Enviar um comentário

 
Home | Gallery | Tutorials | Freebies | About Us | Contact Us

Copyright © 2009 Devaneios de Vida |Designed by Templatemo |Converted to blogger by BloggerThemes.Net

Usage Rights

DesignBlog BloggerTheme comes under a Creative Commons License.This template is free of charge to create a personal blog.You can make changes to the templates to suit your needs.But You must keep the footer links Intact.